O Outubro Rosa é um movimento internacional que tem como objetivo estimular a luta contra o câncer de mama. A ação teve início em 1997, nos Estados Unidos, e foi ganhando o mundo como uma forma de conscientização acerca da importância de um diagnóstico precoce e de alerta para a grande quantidade de mortes relacionadas com a doença.

O SindSaúde ABC apoia a luta contra o câncer de mama e do colo de útero e chama a atenção das mulheres para a importância do autoexame e do acompanhamento médico anual, através da mamografia e do Papanicolau.

Dificuldade de acesso - Conforme a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), o cenário do câncer d,e mama no Brasil é desanimador, o que motivou a entidade a lançar a campanha “Mais acesso para celebrar a vida”, que chama a atenção sobre o principal gargalo que ocorre no país, que é a dificuldade de acesso das mulheres para conseguir atendimento, desde o rastreamento para o diagnóstico precoce até o tratamento.

Segundo a entidade, o primeiro obstáculo é a falta de informação sobre onde podem agendar consulta com o mastologista, assim como a realização de mamografia, biópsia e cirurgia, já que os sistemas de regulação dos estados são complexos e obrigam as mulheres a ficarem aguardando em casa por um telefonema.

Como o câncer tem pressa e muitas mulheres demoram meses para chegar ao tratamento, o que se vê nos hospitais são pacientes diagnosticadas com tumores avançados – pelo menos de 60% dos casos, o que não colabora com a redução da mortalidade, alerta a SBM.